sexta-feira, fevereiro 23, 2007

O relato de um fotógrafo Amigo














“Sei apenas que fui o último a fotografá-lo... já sem vida... estavam em Setúbal à espera que a camioneta de Coimbra, com estudantes e quem mais quis ir. O Becas, eu levei o Becas que era puto e que tão bem cantava e canta o Zeca. Foi de cortar à faca aqueles momentos em que lá entrámos. As lágrimas saíam. Estavam à espera de Coimbra... só depois fecharam o caixão e depois seguiu-se para a rua e foi SEMPRE tudo a cantar como o Zeca fez questão de dizer que queria.

O povo é quem mais ordena... mas está esquecido... não é para esquecer ou silenciar, é para gritar”.

1 comentário:

Alice ... disse...

Ohhhhh ... é tocante, por várias razões, o vosso post. Conheço o Bequitas (LOL), o fotógrafo e o outro ... São todos gente com alma e coração. O Zeca, cresci com ele. Grandes cantorias :) Muita inspiração ...
Força aí marretas fofos :)